No icon

Reitor do IFPB inspeciona obras do futuro Campus de Catolé do Rocha e garante entrega da obra em 2018

O reitor do IFPB da Paraíba, Nicácio Lopes esteve recentemente em Catolé do Rocha, onde visitou as futuras instalações do Campus que está situado no Bairro João Pinheiro Dantas ao lado do Centro Social Urbano.

Nicácio esteve acompanhado do Diretor do IFPB em Catolé do Rocha, professor Caetano, onde relataram com exclusividade a nossa reportagem a boa notícia de que a conclusão da obra do IFPB estará pronta em 2018, e funcionando a primeira etapa até meados de junho.

" A obra é composta arquitetonicamente por dois grandes blocos,temos um bloco administrativo que congrega a estrutura organizacional de gestão do instituto, e temos o bloco acadêmico que é composto pelas salas de aulas convencionais e pelos laboratórios temáticos que serão providos com equipamentos e com mobiliária",

O professor ainda ressaltou a geração de emprego após a conclusão do Campus do IFPB em Catolé do Rocha, " nós procederemos a contratação de terceirizados, nós faremos um estudo para definir o quantitativo, mais será um número bastante razoável, afora os servidores federais,nós temos hoje um quadro composto por aproximadamente 30, 35 servidores e com o passar do tempo, muito em breve nós queremos duplicar esse contingente de servidores, até final de 2018 começo 2019 vamos duplicar se Deus quiser esse número de servidores, e conseqüentemente nós teremos uma geração de economia para o município em locações de imóveis, comércio ".

Por sua vez o Diretor do Campus de Catolé do Rocha o professor Caetano, disse que há um pensamento além dos diurnos, também cursos noturnos intensivos principalmente para quem trabalha de dia e a noite tem tempo para estudar,mas não tem aonde, " teremos um estudo do potencial da nossa região, onde pretendemos também fazer aquele sistema de cursos subseqüentes, aquelas pessoas que já concluíram o ensino médio e abrir essa estrutura também à noite, isso é que é importante, muitas pessoas estão no comércio e as vezes não tem tempo de se qualificarem e a gente abrindo aqui cursos subseqüentes e superior à noite praticamente vai abranger muitos pais de família que casaram cedo e não tem tempo de concluir seus estudos".

Tanto o reitor, como o diretor do IFPB convidam a sociedade em geral para conhecer a obra que está bastante adiantada.

Após sua conclusão e quando estiver com sua capacidade máxima de funcionamento, o IFPB de Catolé do Rocha terá capacidade para absorver no período diurno mais de mil estudantes, e quando estiver ofertando cursos á noite, haverá um acréscimo de pelo menos mais mil alunos.

 Domício Filho

Comentários